Notícia, As vantagens do controle de metas com CRM

Postado Ter, 06 de Fevereiro de 2018, 08:35:00

As vantagens do controle de metas com CRM

Caso você seja um leigo no assunto, o CRM (Customer Relationship Management ou Gestão de Relacionamento com o Cliente) é uma estratégia usada para medir, prever e antecipar as necessidades dos clientes. Com essa filosofia implementada na sua empresa, você terá mais vantagens e lucro no negócio por ter departamentos orientados à medição da satisfação do cliente.

No entanto, o CRM precisa de metas orientadas, do contrário pouca coisa vai mudar. Aliás, pode até mudar, mas você não saberá o real resultado do seu planejamento. E é sobre isso que falaremos hoje. Nesse artigo vamos demonstrar as vantagens do controle de metas com o CRM. Aproveite a leitura.

Objetivos e metas

Não existe um planejamento estratégico sem metas. E as metas devem estar dentro do horizonte de objetivos da empresa. Se não há isso dentro do plano de negócios, qualquer esforço vai ser em vão. Não adianta você implementar um sistema moderno para controle das funções ou do caixa, por exemplo, sem nenhuma direção. A tendência é você ficar satisfeito com qualquer resultado. O mesmo acontece com o CRM.

A primeira coisa a se fazer é deixar claro onde você quer chegar. Ter uma visão e um conhecimento da empresa é extremamente importante. Muitas vezes donos de negócios romantizam a sua organização, e com isso deixam de ver as reais carências. É preciso identificar o que deve ser melhorado para partir para a frente.

Metas e processos

O CRM fornece uma estratégia direcionada ao cliente, por isso está inteiramente ligado ao marketing. Mas ele também abrange todos os departamentos da empresa pela mesma razão. Por isso, as metas estabelecidas para o CRM precisam necessariamente estar alinhadas com a estratégia de negócio das empresas.

Estipule metas com porcentagem, por exemplo: aumento de 40% na carteira de clientes. Assim você sabe como usar os recursos disponíveis para direcionar o andamento do trabalho. Há ainda a vantagem de poder atuar dentro de limitações, o que acaba impulsionando o trabalho. Também é bom contar com prazos para que a equipe consiga focar.

Com as metas estabelecidas, descreva a forma de atingi-las. Olhe para a organização e veja os pontos fortes quando vocês precisam “sair a campo” para vender. É a sua empresa que dará o direcionamento dos processos. Se o objetivo do CRM é satisfazer o cliente, pense que todas as funções exercidas pelos colaboradores devem estar alinhadas com isso. Considere seus recursos e crie processos claros.

Mensuração e Avaliação

A fase da mensuração requer a análise dos dados de todas as áreas da empresa para corrigir o que não vai bem. Para isso, conte com ferramentas adequadas, que permitam fazer dois tipos de análise: diária e mensal. A diária mostrará os processos no cotidiano, o que está indo bem e o que precisa ser melhorado de imediato. A mensal ajudará ter uma ideia abrangente do negócio, e isso permite que a própria estratégia da empresa seja melhorada.

Essa etapa final vem acompanhada de relatórios de avaliação, que são extremamente úteis para o uso nos passos seguintes. Utilize diversos tipos, dos mais básicos e diretos aos completos. Você terá análises mais aprofundadas, e com isso poderá criar a estratégia ideal para os anos seguintes.

Para mais conteúdo, leia outros artigos do site!

Comentar

0 Comentário(s)