Notícia, Precisa melhorar a rentabilidade do negócio? Veja 6 dicas!

Postado Sex, 08 de Março de 2019, 14:33:00

Precisa melhorar a rentabilidade do negócio? Veja 6 dicas!

A empresa tem um faturamento alto, as vendas só aumentam e os clientes não apresentam reclamações sobre o produto. Porém, você ainda precisa melhorar a rentabilidade e não sabe o que fazer.

Calma! Algumas práticas simples ajudam você a aperfeiçoar o controle e a gestão do negócio. A seguir, listamos 6 dicas que podem ser aplicadas na companhia!

1. Compreenda como funciona o mercado


Um gestor precisa conhecer como funciona o mercado em que atua para se manter competitivo diante dos concorrentes. Sendo assim, a primeira atitude a ser tomada é fazer pesquisas sobre as demais organizações para saber o que elas estão fazendo e quais produtos estão lançando no mercado.

Também é necessário identificar o perfil do seu cliente para compreender quais são suas necessidades e desejos, as insatisfações em relação ao seu produto ou do concorrente e as características que mais valorizam em uma mercadoria (preço ou qualidade, por exemplo).
Diante desse conhecimento, você conseguirá elaborar as próximas estratégias para melhorar a rentabilidade do negócio.


2. Identifique os custos fixos e variáveis


É necessário analisar todas as despesas da companhia e identificar quais são os custos fixos e variáveis. Os fixos são aqueles que devem ser pagos todos os meses, como:
•    aluguel;
•    salários;
•    limpeza e conservação.

Já os custos variáveis são aqueles que não entram obrigatoriamente nos gastos da companhia mensalmente. Entre eles estão:
•    comissões de vendas (se o profissional não vende, não recebe o valor);
•    reformas;
•    compra de equipamentos;
•    treinamento da equipe.

Feito isso, é hora de seguir para o próximo passo!

3. Reduza os gastos


Ao conhecer  todos os custos do negócio, é possível identificar quais despesas podem ser eliminadas sem afetar a continuidade da empresa. Por exemplo: não é possível deixar de pagar o aluguel, pois isso afetaria as atividades.

Todavia, os gastos com copos descartáveis, impressão de papel e compra de equipamentos podem ser evitados ou reajustados conforme o orçamento da empresa. Basta trocar os materiais plásticos por copos de vidro ou canecas e dar preferência pelo uso de versões digitais de documento em vez do papel.

4. Calcule corretamente a margem de lucro


Um erro muito comum que acontece nas companhias é o cálculo da margem de lucro, seja por desconhecimento de todos os processos ou falta de controle. E isso afeta diretamente o retorno financeiro.

Lembre-se de que a margem de lucro é a diferença entre o custo do trabalho e o faturamento da empresa. Então, vamos ao exemplo de cálculo para um determinado período:

Receita total no mês: R$ 40.000,00
Custos totais: R$ 17.000,00
Lucro: 40.000 – 17.000 = 23.000
Margem de lucro: 23.000 / 40.000 = 0,575  X 100 = 57,5%

Como você pode notar, neste exemplo houve uma boa margem de lucro para a empresa. Todavia, se os custos fossem calculados de forma errada o percentual estaria incorreto.

5. Invista na divulgação do negócio


A sua empresa já é conhecida no mercado e tem inúmeros clientes na região, então, não é necessário se preocupar com a reputação e aquisição de mais consumidores, certo? Completamente errado!

A internet ampliou o poder de pesquisa e barganha do consumidor, que pode encontrar preços mais acessíveis em qualquer local do país. Sendo assim, a companhia precisa investir na divulgação da sua marca e no atendimento ao cliente. Caso contrário, poderá ser “engolida” pelos concorrentes.

Como começar? Inicie com um investimento em um site de qualidade e com a identificação correta dos produtos ou serviços oferecidos. Também é importante ter uma presença ativa nas redes sociais, como Facebook e Instagram. Afinal, as pessoas já podem estar comentando sobre sua empresa e você não está percebendo.

6. Utilize a tecnologia para melhorar a rentabilidade


Se você chegou até aqui, já deve ter percebido que o controle sobre o negócio é essencial para ter mais rendimento na empresa. Logo, é necessário registrar todas as entradas e saídas de recursos, emitir e identificar os boletos enviados aos clientes e acompanhar o processo de vendas.

Fazer tudo isso no Excel já se tornou uma prática ultrapassada e que pode gerar muitos equívocos nas anotações dos dados. Basta você se esquecer de registrar um boleto que o controle já não estará 100%.

Uma maneira de mudar essa situação é com o apoio da tecnologia, é utilizar ferramentas integradas para acompanhar o time de vendas, registrar as operações e controlar as finanças.

E aí, pronto para colocar as nossas sugestões em prática para melhorar o rendimento do negócio? Conheça agora mesmo o DuoBR, software integrado para sua completa gestão comercial e financeira.  
 

Comentar

0 Comentário(s)